Como fazer um bom treinamento empresarial: 7 dicas práticas

September 22, 2020

O treinamento empresarial já é uma prática amplamente adotada dentro das empresas atualmente. Afinal, nenhum profissional do mercado virá totalmente preparado e lapidado para a função que você procura. Além disso, o processo de aprendizagem é ininterrupto, ele nunca acaba e é necessário persegui-lo diariamente e estimular seus colaboradores a fazerem o mesmo para atingir bons resultados.  


Apesar de ser um processo muito aplicado pelas empresas, ele ainda é realizado de forma falha em grande parte das vezes. A maior queixa dos colaboradores em relação a este tópico são os treinamentos superficiais que contém apenas informações que os colaboradores já conhecem e os treinamentos que nada têm a ver com a função dos respectivos funcionários. Por isso, separamos aqui dicas muito valiosas para você fazer um bom treinamento empresarial e ter o retorno esperado com essa estratégia. Vamos lá? 

O que é treinamento corporativo 

O treinamento empresarial (ou corporativo) é a técnica que permite desenvolver as habilidades, conhecimentos e até mesmo atitudes dos colaboradores com o objetivo estratégico de otimizar seu trabalho dentro da empresa que atua. 


O treinamento corporativo não só é benéfico para a empresa, que terá profissionais mais capacitados, mas também para o colaborador; que irá se sentir valorizado pela instituição. Portanto, ele consequentemente será mais motivado e vai se engajar mais com os projetos e ações da empresa, realmente comprando a ideia do negócio. 


Outro ponto importante é que colaboradores treinados e bem desenvolvidos têm uma tendência maior de inovar e otimizar processos. Isso se dá porque o funcionário quando já domina as técnicas essenciais, procura ir além e aprimorar ainda mais seu trabalho.

Levantamento de Necessidades de Treinamento (LNT) 

O primeiro passo para fazer um treinamento que tenha resultados efetivos é aplicar o LNT. O Levantamento de Necessidades de Treinamento é uma análise, normalmente realizada pelo gestor da área ou pelo setor de RH, para identificar os gargalos e as oportunidades de crescimento. 


Quais indicadores de acompanhamento estão ruins? Um treinamento na equipe poderia melhorá-lo? Quais são os pontos fortes da minha equipe? Poderia aplicar um treinamento e ajudá-los a se tornarem especialistas no assunto? Todas essas perguntas são extremamente necessárias antes de aplicar qualquer tipo de curso, palestra ou treinamento dentro da empresa. Assim, essa análise vai te ajudar a otimizar os custos do processo e focar naquilo que realmente vai agregar valor para o negócio. 

7 dicas práticas para fazer um bom treinamento 

Agora que você já compreende bem o treinamento corporativo, seus objetivos e vantagens, vamos às dicas práticas para aprender como fazer um bom treinamento? 


  1. Entenda as fraquezas do seu time: muitas pessoas confundem essa etapa com o próprio Levantamento de Necessidades de Treinamento. No entanto, esse passo diz mais sobre entender as necessidades. De onde surgiu essa deficiência técnica? Alguém na equipe têm a habilidade de compartilhar conhecimento e suprí-la? 
  2. Tenha em mente os objetivos e necessidades da empresa: ter estratégias novas e diferenciadas é essencial. Mas você não pode se esquecer de alinhar suas ações com os objetivos e necessidades do negócio. Afinal, caso não haja propósito, muito provavelmente você não verá retorno naquela estratégia.
  3. Estabeleça objetivos específicos: todo projeto funciona melhor quando têm metas e objetivos específicos atrelados à ele. Isso porque sem um ponto focal, as ações podem se dispersar e acabar divergindo do verdadeiro propósito da estratégia. Tente usar uma metodologia para a definição de metas, como a SMART.  
  4. Escolha bem a técnica e os métodos: nesse quesito, recomendamos que você conte com a ajuda do gestor da área. Entenda melhor sobre os membros da equipe e veja quais técnicas de treinamento melhor se aplicam. Algumas pessoas aprendem melhor com a prática e outras com o método expositivo, por exemplo. 
  5. Faça o mapeamento de custos: esse tópico não quer dizer apenas do custo financeiro. Afinal, ao separar um tempo para um treinamento você estará tirando horas de trabalho dos seus colaboradores. E, como em toda empresa, tempo é dinheiro. Por isso, analise; esse treinamento é realmente necessário? Vale a pena paralisar essas horas da agenda dos funcionários?
  6. Explique aos treinados a necessidade: não guarde o Levantamento de Necessidades de Treinamento apenas para você. Afinal, no momento em que o funcionário entende que aquela ação é valiosa e necessária, ela vai se dedicar mais a aprender e vai se envolver mais com o projeto. 
  7. Não se esqueça de medir resultados: aplicar um treinamento e não acompanhar os resultados é um erro muito comum. Por isso, defina indicadores para monitorar aquele aspecto. Se o seu treinamento foi sobre relacionamento com os clientes, um bom indicador para acompanhar ele é o NPS (Net Promoter Score). 

Como fazer um bom treinamento com SkillHub

A SkillHub é uma plataforma completa com diversos cursos e treinamentos a preços muito abaixo do mercado, por ser parceria das instituições de ensino que oferecem os cursos. A ideia é oferecer para os seus colaboradores a educação como benefício; mensalmente ou como forma de premiação o funcionário recebe um saldo pré determinado para usar na plataforma. 


O nosso diferencial é ter consultores especializados que vão ajudar o seu funcionário a encontrar o treinamento que melhor se adapta às necessidades da empresa e objetivos de crescimento profissional do colaborador. Todo esse processo é feito de forma fluída e simples, sem burocracias ou necessidade de reembolsar o funcionário. 


Além disso, os treinamentos aplicados em grupo, dificilmente vão atender da melhor forma todos os colaboradores. Afinal, cada indivíduo é único, possui seus próprios pontos fortes e fracos, além de aprenderem de formas distintas. Com a SkillHub, a pessoa têm autonomia para escolher como ela quer aprender, quando quer fazer aquele curso, como toda a ajuda da nossa equipe interna no momento da escolha. 


Você quer equipes mais capacitadas e atender com mais efetividades as necessidades dos seus colaboradores? Converse com um de nossos consultores e saiba mais sobre o programa!