“”

A importância de políticas de subsídios educacionais nas empresas

February 18, 2021

A lógica de consumo muda mais a cada dia e, assim, o mercado fica cada vez mais competitivo. Potenciais clientes conseguem fácil acesso às informações e para ficar no radar de compra não basta mais ser apenas bom, sua empresa precisa ser a melhor. Nesse sentido, uma das principais táticas que vem sendo adotadas internamente para se manter à frente é a aplicação de subsídios educacionais nas empresas. 


Como sabiamente disse Peter Drucker, o pai da administração; "O maior benefício do treinamento não vem de se aprender algo novo, mas de se fazer melhor aquilo que já fazemos bem”. Perceba que esta frase não exclui a importância de aprender novas habilidades, apenas diz que o principal benefício é o auto aprimoramento. 


Ser o melhor do seu segmento exige uma coisa muitas vezes não é fácil: investir no aprendizado contínuo. A Era da Informação não permite mais que as pessoas vivam sem estudar e se atualizar com constância. Já falamos por aqui como treinar pessoas gera resultados e, hoje, vamos nos aprofundar nesse tópico, falando um pouco mais sobre subsídios educacionais nas empresas. Vamos lá? 

O que são subsídios educacionais? 

Dentro das empresas, os subsídios educacionais são representados pelo capital investido no funcionário com a finalidade de aprimorar habilidades, consolidar a formação profissional, capacitar ou treinar. A palavra “subsídios” necessariamente se refere à dinheiro ou alguma forma de crédito equivalente, em instituições e plataformas educacionais. 


Caso o pagamento desse subsídio seja destinado a cursos de educação profissional e tecnológica e ele for declarado em folha de pagamento, haverá a incidência de todas as tributações e encargos legais (IR, INSS e FGTS), de acordo com a Lei 8212/91.


Você também pode subsidiar seu funcionário educacionalmente fornecendo o Vale Cultura. Ele inclui teatro, cinema, livros, eventos musicais, jogos e eventos em geral. Por exemplo, caso o livro ou evento seja sobre o universo de temas com os quais aquela funcionário trabalho, pode ser considerado um investimento na capacitação dele. Nesse caso, você ainda pode deduzir 1% do imposto de renda devido. 

Importância e vantagens dessa prática 

Fato é: investir na educação no seu funcionário possui um certo custo. Nesse sentido, como toda empresa bem estruturada financeiramente, você precisa garantir o Retorno Sobre Investimento (ROI) dessa estratégia. Então, vamos conhecer as vantagens que ela gera para você? 


  •  Aumento de motivação e produtividade: ao investir em um colaborador, ele se sentirá valorizado e, consequentemente, vai se engajar muito mais com os projetos da empresa. Assim, com mais foco no que faz, sua produtividade também vai aumentar. 
  • Diminuição do turnover: a rotatividade de funcionários é um fator altamente custoso para a empresa. Adotando práticas de subsídios educacionais, você terá uma maior satisfação, fazendo inclusive com que o colaborador tenha perspectiva de crescimento na empresa, aumentando a retenção. 
  • Melhor na cultura organizacional: funcionários mais satisfeitos com o ambiente em que trabalham tendem a cultivar relações mais saudáveis, buscando sempre o espírito de equipe e colaboração. Assim, você terá uma empresa com uma cultura leve e com a comunicação muito mais alinhada. 
  • Melhores resultados e mais satisfação dos clientes: quem realmente administra os resultados da sua empresa e o relacionamento com seus clientes são seus colaboradores. Funcionários mais satisfeitos vão atingir suas metas com mais facilidade e atender os clientes com mais atenção e cuidado. 
  • Atração de novos talentos: principalmente para o mercado de SaaS, quem tem os melhores colaboradores, tem o melhor produto. A vantagem competitiva que isso representa é altíssima, uma vez que você não só vai atrair os grandes talentos, como também irá conseguir retê-los com efetividade.  

6 dicas para ter uma política de subsídios educacionais sólida 

Agora que você já está convencido de todos os benefícios e a importância que essa estratégia carrega, separamos aqui 6 dicas para você obter muito sucesso com essa prática. Vamos lá? 


1- Estude as leis: como citamos anteriormente, existem diversas leis que permeiam a aplicação de subsídios educacionais ou qualquer outro tipo de benefício. Estude-as e as aplique corretamente para evitar problemas de compliance. Afinal, é uma estratégia que envolve custos que podem até constar na folha da pagamento. 

2- Envolva os colaboradores: você pode ter a melhor estratégia de treinamento do mercado. No entanto, às vezes os colaboradores podem não engajar. Nesse sentido, a sua obrigação é envolvê-los no processo, mostrando os benefícios que aquilo pode trazer para eles e para a empresa. 

3- Tenha uma comunicação clara: explique com toda clareza que puder, para funcionários e gestores, como o processo vai funcionar. Ou seja, se será disponibilizado um valor por mês, se ele virá na forma de crédito ou reembolso, e quais documentos são necessários. Por exemplo: nota fiscal do curso. 

4- Esteja disponível para dúvidas: nenhum processo é absorvido por uma empresa inteira logo de cara, principalmente estes mais complexos. Por isso, esteja sempre disponível para ajudar. Isso vai fazer com que as pessoas se engajem muito mais. 

5- Aproveite a tecnologia: a automatização de processos é uma das estratégias que mais pode te ajudar nesse projeto. Um setor de RH para dar conta de um processo inteiro de treinamento e capacitação tem que ser bem grande, e essa não é uma realidade que encontramos em muitas empresas. Por isso, aproveite a tecnologia e, se tiver orçamento, faça uso de plataformas de LMS e LXP. 



Simplifique os subsídios educacionais na sua empresa com a Skillhub!

Como você pode perceber, manter uma sólida política de subsídios educacionais na sua empresa pode ser algo muito trabalhoso. O setor de Recursos Humanos é extremamente estratégico em uma empresa e é necessário tomar cuidado para não sobrecarregá-lo. Nesse sentido, uma poderosa ferramenta que pode te ajudar nesse processo é uma LXP (Learning Experience Platform). 


Com a Skillhub, você pode fornecer o crédito que desejar para seu funcionário escolher gastar no curso que quiser. Tudo isso de forma simples, sem necessidades de reembolso. Somos parceiros de diversas instituições educacionais de alta relevância no mercado como a FGV e a Escola Conquer, fornecendo os cursos com um valor abaixo do mercado. 


Quer saber mais como funciona e como potencializar o treinamento e capacitação na sua empresa com muita inovação? Converse com um de nossos consultores!


Vamos conversar?

FALE COM UM CONSULTOR