“”

Produtividade da equipe: como aumentar e identificar falhas

April 5, 2021

Nenhuma uma empresa funciona sem a dedicação e envolvimento constante de seus colaboradores. Nesse sentido, a produtividade é um dos pontos mais importantes. No entanto, muitos líderes acabam caindo no erro comum de colocar muita pressão em cima dos colaboradores, ação que pode inclusive diminuir a produtividade. 


Fato é: cobrar, estimular e efetivamente aumentar a produtividade de uma equipe não é uma tarefa fácil. Por isso, neste post separamos para você as principais causas da baixa produtividade, como aumentá-la e metodologias para aplicar que vão te ajudar muito a ter uma equipe de alto desempenho. Vamos lá? 

As principais causas da baixa produtividade

Identificar as causas do baixo desempenho da equipe é uma tarefa que fica muito mais fácil quando você tem uma liderança próxima do time. No entanto, esse problema de produtividade pode ser consequência de atitudes dos gestores. Nesse caso, cabe ao RH analisar a situação e tomar as medidas necessárias. 


Então, vamos conhecer as principais causas da baixa produtividade? 


  • Comunicação ruim ou inexistente: aqui, a comunicação não quer dizer apenas na questão do alinhamento, mas também em termos de conhecimento. Funcionários que aprendem com seus colegas de trabalho tendem a ser muito mais produtivos. E, claro, o clássico alinhamento de expectativas, metas e tarefas também é muito importante. 
  • Problemas com as ferramentas de trabalho: em empresas mais engessadas e com processos burocráticos, é comum ter o problema de ferramentas muito ultrapassadas. Por outro lado, as empresas que investem muito em inovação e possuem softwares avançados também podem ter problemas se não fornecerem o treinamento adequado. 
  • Sobrecarregar o colaborador: você pode até pensar que ter uma equipe reduzida pode ser uma ótima forma de economizar dinheiro. No entanto, não é exatamente assim que funciona. Isso necessariamente vai significar uma sobrecarga para os funcionários, que vai elevar o estresse no ambiente de trabalho e acabar diminuindo a produtividade. 
  • Falta de capacitação: capacitar os seus colaboradores para realizar as tarefas exigidas naquela função é extremamente importante. Uma pessoa que não está devidamente capacitada para realizar suas tarefas rotineiras está fadada a cometer erros e se sentir insatisfeita com seu trabalho, consequentemente diminuindo seu desempenho. 

6 formas de aumentar a produtividade no ambiente de trabalho

Então, uma vez identificado estes problemas, vamos traçar algumas estratégias para aumentar o engajamento e a produtividade da sua equipe? 

1- Estabeleça metas e tenha metodologias para elas 

Tenha metas claras, definidas com a sua equipe. Assim, eles se sentirão mais seguros em seus trabalhos diários e terão uma ideia estratégica de seus papéis na empresa. 


Para deixar esse processo ainda mais efetivo, considere utilizar metodologias para definição de metas, como OKR, metas SMART, ou outras metodologias ágeis. 

2- Invista na infraestrutura 

Ter um ambiente que não te fornece as ferramentas necessárias para trabalhar é muito frustrante. Por isso, invista na infraestrutura. Aqui, não precisa nem ser em dinheiro propriamente dito, ter processos bem estruturados já é um grande passo. 


Assim, no momento de estruturar esses processos, faça de forma que eles incentivem a colaboração e a eficiência das equipes. 

3- Otimize processos internos

Esse tópico conversa muito com o anterior, no entanto, são diferentes. Mesmo no momento de reorganizar a infraestrutura por vezes nos apegamos a processos que são desnecessários. 


Ter fluxos de trabalho com muitas etapas é um fator que prolonga a realização de tarefas e pode gerar frustração, diminuindo a produtividade. 

4- Tenha (ou seja) um líder disponível

Ser disponível não necessariamente significa estar o tempo todo online e presente para responder qualquer dúvida. Significa apenas estar lá para a sua equipe quando ela precisar de você e se mostrar aberto à sugestão e críticas. 


Aqui, uma boa ideia é ter uma rápida reunião diária somente para tratar desses tópicos. No entanto, não prolongue muito a reunião para que o momento não fique maçante. 

5- Feedbacks e avaliações de desempenho

Nós damos muito essa dica por aqui e a verdade é que essa prática é essencial para ter equipes produtivas e satisfeitas no trabalho. 


Avalie os membros da sua equipe de modo justo e prossiga com o feedback. Jamais foque apenas no lado negativo, isso pode desmotivar muito os colaboradores. 

6- Estimule o desenvolvimento 

As pessoas tendem a ser muito mais produtivas quando se sentem reconhecidas. Quer reconhecer sem parecer que está bajulando? Dê oportunidade. 


Insira a pessoa em um projeto estratégico, dê autonomia para aquele colaborador e faça-o se sentir uma peça importante das engrenagens do negócio. 

Metodologias que ajudam no aumento de produtividade 

Todas essas dicas que demos são excelentes para aplicação por parte da gestão da empresa. Quer envolver os colaboradores nesse processo, dando a oportunidade para eles também terem um papel ativo nesse projeto? Conheça algumas metodologias que você pode sugerir para eles: 


  • Kanban: consiste em fazer um quadro com 3 colunas. Na primeira, insira as tarefas a realizar, depois as em andamento e por último as finalizadas. Ele dá uma noção muito melhor do fluxo de trabalho e ajuda a não se perder nas tarefas. 
  • Pomodoro: o pomodoro consiste em trabalhar um determinado período e tirar uma pausa. A proporção recomendada pela metodologia é 25/5 minutos, mas você pode adaptá-la do modo que achar melhor.  
  • SMART: nós já citamos ela nesse artigo e é uma ótima metodologia para definição de metas. Uma meta definida através do método SMART é muito mais objetiva e possui muito mais chances de ser alcançada. 
  • Preciso, Deveria, Gostaria: o próprio nome da metodologia já diz muito, ela consiste em dividir os afazeres nessas três categorias para auxiliar na priorização. Assim, você começa com o que é necessário, passando pelo que deve fazer e finalizando com o que você gosta. 
  • GTD (Getting Things Done): menos uma metodologia e mais uma diretriz, o GTD é mais apropriado para quem tem uma grande carga de trabalho. Ele passa por cinco etapas (captura, esclarecimento, organização, engajamento e reflexão) e te ajuda a ter mais controle das suas tarefas. 


Como dissemos, capacitar os colaboradores é essencial para aumentar a produtividade. Por isso, a nossa última dica é investir em treinamento e capacitação. 


Quer investir na capacitação sem sobrecarregar o RH e sem burocracias ou necessidades de reembolso? Venha conhecer a SkilllHub


Vamos conversar?

Fale com um consultor