“”

5 ferramentas para treinamento e capacitação nas empresas

March 19, 2021

O setor de treinamento e capacitação vem crescendo exponencialmente nos últimos anos. Isso porque desde que os Recursos Humanos assumiu seu papel estratégico dentro das empresas, ele começou a ser visto com outros olhos. Assim, além de receber mais investimentos no orçamento anual do negócio, ele também é peça chave do planejamento estratégico do negócio. 


Nesse sentido, como o treinamento e capacitação ainda é um setor novo nas empresas, ele ainda está em fase de testes e precisa ser constantemente aprimorado. Para te ajudar nessa jornada, separamos aqui cinco ferramentas valiosas que vão te ajudar a otimizar o T&D na sua empresa e aumentar o ROI dessa área. Vamos às dicas? 

As 5 melhores ferramentas de treinamento e capacitação

Existem várias ferramentas já muito conhecidas no mercado que te ajudam a otimizar o treinamento e capacitação na sua empresa. Aqui, vamos falar um pouco sobre cada uma e te explicar praticamente como utilizá-las no propósito do desenvolvimento de pessoas. 

Dinâmicas de Grupo 

Ninguém consegue desempenhar uma função sem a ajuda de outras pessoas. Por isso, para suas táticas de treinamento e desenvolvimento realmente funcionarem, você precisa ter um time bem entrosado e com bom alinhamento. Além disso, a produtividade pode ser muito prejudicada por uma relação ruim entre os membros da equipe. 


Nesse sentido utilize as dinâmicas de grupo para melhorar o clima organizacional e até mesmo para medir o engajamento dos membros da equipe. Confira três dicas de dinâmica de grupo para você: 

  • Caixa do desafio: incentiva a tomada de decisão e a autoconfiança. Ela estimula que os colaboradores pensem que podem atingir as metas estipuladas, além de também estimular a responsabilidade. 
  • Quem eu levaria?: essa dinâmica é mais focada na motivação e faz com que os membros tomem decisões uns pelos outros. Aqui, o trabalho em equipe e a empatia são extremamente estimulados, uma vez que é um exercício para se colocar no lugar do outro. 
  • Campo minado: essa dinâmica é muito conhecida e estimula o trabalho em equipe, o alinhamento e a boa comunicação. É feito em duplas: enquanto uma pessoa vai vendada em um “campo minado”, a outra vai dando orientações para desviar dos obstáculos. 

Avaliação de desempenho 

As avaliações de desempenho são uma excelente técnica para medir a produtividade e trabalhar pontos a serem elogiados e/ou desenvolvidos. Além disso, quando falamos de T&D, elas são um ótimo método para medir a eficiência da sua estratégia. Afinal, se você está investindo em treinamento e capacitação, os resultados disso devem ser refletidos nas avaliações de desempenho. 


Confira alguns exemplos de avaliação de desempenho que podem te ajudar a otimizar suas estratégias de T&D: 

  • Escala Gráfica: tradicional e já bem conhecido. Nesta avaliação, é feito um gráfico com as variáveis a serem avaliadas e uma pontuação de 0 a 5 para cada uma. Você também pode personalizar a escala e usar 0 a 10, se preferir. 
  • Escolha Forçada: esse teste ajuda a entender mais o perfil do colaborador. Em uma folha, têm-se uma série de afirmação. Com isso, a pessoa mais como “+” aquilo que se aproxima de suas atitudes e com “-” aquilo que se afasta. 
  • 360 graus: também muito conhecida e valiosa, ela é uma avaliação mais completa. É feita uma entrevista e/ou questionário com todos que possuem alguma relação com aquele colaborador. 

Pesquisa de clima organizacional 

O clima organizacional de uma empresa pode afetar muito o desempenho dos funcionários que ali trabalham. Nesse sentido, se você investe muito em T&D mas possui um clima organizacional ruim, você pode estar jogando dinheiro fora. Além disso, um ambiente de trabalho ruim reprime os colaboradores, fazendo com que ele tenha dificuldade de trazer ideias inovadoras. 


Para fazer uma pesquisa de organizacional efetiva, siga os passos: 

  • Definir objetivos e criar o planejamento 
  • Definir as perguntas de acordo com os objetivos definidos 
  • Analisar quanto tempo vai durar e qual o melhor momento de aplicação 
  • Divulgar e estimular a participação 


Ao final, não se esqueça de analisar os dados coletados e criar um plano de ação para remediar o que for necessário. 

Feedback 

Ninguém vai melhorar seu comportamento se não souber exatamente onde está errando. É muito comum as pessoas pensarem que a pessoa vai melhorar imediatamente após as técnicas de T&D. No entanto, isso não é necessariamente verdade. Algo que é óbvio para você, pode não ser para o seu colaborador. Afinal, todos tivemos experiência de vida única que condicionaram a forma como vemos o mundo. 


Por isso, você deve fazer feedbacks constantemente, com a criação de um plano de ação para melhorar os pontos a serem desenvolvidos. Confira alguns exemplos de feedback: 

  • SCI: SCI é um sigla que significa situação, comportamento e impacto. Aqui, você explica a situação para o colaborador, qual foi o comportamento dele diante dela e qual foi o impacto daquela reação. 
  • Que bom, que pena, que tal: aqui, você pode pontuar os pontos positivos primeiro, depois os negativos e já finalizar dando uma sugestão para a melhora. 

Learning Experience Platform: SkillHub 

No início de 2020, saiu uma pesquisa da Global EdTech dizendo sobre algumas tendências na área de educação digital para 2021. No relatório, além de serem destacados pontos como autonomia e microlearning, surgiu também a LXP. 


LXP é uma sigla que significa Learning Experience Platform e surge com o objetivo de transformar completamente a experiência de aprendizado digital. Já conhecemos diversas plataformas com o algoritmo inteligente, mas isso ainda não havia sido aplicado ao ensino remoto e/ou digital. 


Nesse sentido, a SkillHub surge com o propósito de inovar e automatizar a área de T&D das empresas, com uma plataforma que se adapta às necessidades e especificidades de cada colaborador. Sem burocracias ou necessidades de reembolso, a plataforma conta com um série de cursos e trilhas que ajudam o colaborador a desenvolver pontos profissionais e até mesmo pessoais. 


Se interessou e quer fazer como as grandes empresas, que utilizam de inteligência artificial para ajudar seus colaboradores a crescerem cada vez mais? Converse com um de nossos consultores


Vamos conversar?

FALE COM UM CONSULTOR